SOMMELIER DE CACHAÇAS: uma nova profissão para contribuir e alavancar o setor




Nos últimos anos o setor da cachaça vem se profissionalizando cada vez mais. Podemos perceber através das várias marcas que trazem inovação e tradição de qualidade com produtos diferenciados e que visam agradar e satisfazer o paladar cada vez mais exigente do consumidor.


O aumento da qualidade em geral é um reflexo da capacitação e conhecimentos que os produtores agregam com estratégias e habilidades adquiridas por meio de ciência, tecnologia, pesquisas, eventos, feiras, congressos, cursos e conexões em geral.


Contudo, vemos ainda uma enorme necessidade de união da cadeia produtiva e fortalecimento do tema no cenário nacional e internacional. Com isso, o SOMMELIER DE CACHAÇAS tem o papel fundamental de criar elos e conexões do produtor ao consumidor, entregar e agregar valor e conhecimento com oferecimento e disseminação de informações e instrução em relação às cachaças de qualidade.


A atividade do SOMMELIER DE CACHAÇAS passa a ser reconhecida como profissão pelo governo federal a partir de 2022 pela Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). O SOMMELIER deve conhecer toda cadeia produtiva da Cachaça e integrar a conexão consumidor – produto final.


O curso de SOMMELIER DE CACHAÇAS da INOVBEV oferece uma formação completa para que o profissional possa contribuir para todas as etapas da cadeia produtiva da cachaça.


A importância do conhecimento aprofundado sobre o processo de produção fará com que o profissional seja indispensável dentro de uma destilaria e durante as etapas do processo, contribuindo para o gerenciamento de sistemas de Controle e Garantia da Qualidade desde a moagem, fermentação, destilação e processo de envelhecimento da bebida. Neste cenário também poderá contribuir para a auxiliar o Master Blender na formulação e elaboração de blends que consideram a complexidade, equilíbrio e harmonia do produto final envelhecido em diferentes madeiras.


O Sommelier também poderá atuar fora da fábrica, no mercado, distribuição, venda e comercialização de cachaças aos pontos de venda (PDVs); treinamento de funcionários e comercializadores da bebida. A carência de conhecimentos e informações nesta área afeta negativamente o entendimento da qualidade sensorial pelos gerentes de lojas, empórios e mercados. A oportunidade de instrução para este setor certamente trará grandes avanços na valorização e enobrecimento da categoria da bebida. A diversificação dos diferentes tipos e estilos com ressalte da qualidade sensorial promoverá a intensificação de quebras de paradigmas que ocupam espaço no mercado da cachaça devido à escassez e carência de informações. Dessa forma, o sommelier será essencial para desobstruir mercados e alavancar vendas com a disseminação de conhecimentos técnicos.


A capacitação do SOMMELIER DE CACHAÇAS permitirá também o contato direto com os consumidores, na escolha de produtos e degustação técnica promovidas em bares, hotéis, restaurantes e eventos em geral. O conhecimento aprofundado no tema sensorial trará maior oportunidade de divulgação direta ao público e introdução de conhecimentos sobre a cachaça para aqueles que tem profunda afinidade com a bebida e também para aqueles que tiveram pouco ou nenhum contato com uma cachaça de qualidade. Assim sendo, o SOMMELIER DE CACHAÇAS poderá atuar na elaboração de cartas de cachaça e na preparação de drinks e coquetéis juntamente com o bartender.


O nosso curso de SOMMELIER DE CACHAÇAS terá início em 8 de setembro e se estenderá por um total de oito quartas-feiras, com aulas online e ao vivo com a Dra. Aline Bortoletto e convidados especiais.

Serão 20 horas de aula ao vivo e 20 horas de degustações, mentorias coletivas e estudos práticos que contribuirão pelo desenvolvimento das habilidades do profissional e suas possíveis atuações.

Para contemplar essa “visão ampla”, o curso oferece a diversidade de temas que incluem treinamento sensorial, psicologia cognitiva, desenvolvimento da memória sensorial, etapas de degustação técnica, capacitação ao uso da Roda Sensorial da Cachaça (2016), uma proficiência em avaliação do perfil sensorial de cachaças com uso da Nova Roda Proficiência da Cachaça (lançamento neste curso), envelhecimento da bebida e uso de diferentes madeiras para o processo, bases da elaboração de blends, serviço, harmonização e elaboração de cartas de cachaças.


Segue trecho da Matéria do Devotos da Cachaça;

Dirley Fernandes entrevista a Dra. Aline Bortoletto

Link para acesso completo: https://devotosdacachaça.com.br/2021/07/08/curso-de-sommelier-de-cachacas-da-inovbev-tera-nova-roda-sensorial-da-cachaca/

Fale para a gente das novidades do curso de sommelier de cachaças, em especial a nova roda sensorial. Por que você sentiu a necessidade de renovar a versão clássica?


A Nova Roda Sensorial foi criada esse ano a partir do desenvolvimento técnico da análise sensorial da cachaça. Depois de 15 treinamentos abertos ao público e de vários projetos, eu resolvi ampliar a abrangência da roda. Essa nova roda é mais completa e mais detalhada, especialmente em relação aos aromas. A ideia é ampliar o poder que o sommelier tem de detectar as diferentes notas. É a ideia de gerar proficiência à análise sensorial. Por isso, ela se enquadra tão bem nesse curso de sommelier de cachaça.


O curso dessa vez é mais extenso que os anteriores.


Sim, porque vamos treinar muito os padrões sensoriais relacionados aos diferentes estilos de cachaça, cujos aromas e sabores estão contemplados nessa nova roda. Para isso também, o novo kit sensorial, atrelado à roda, vai trazer outros padrões de análise. A gente vai treinar o pessoal para identificar melhor aspectos sensoriais da cachaça através de padrões químicos desenvolvidos especialmente por uma empresa com que estamos fechando parceria. São padrões importados, desenvolvidos especialmente para a cach


Parece ser um aprofundamento em relação aos cursos que a gente conhece…


A gente visa a proficiência. Esse curso de sommelier de cachaça é para quem realmente quer aprender. A gente acha que falta isso no setor.


Temos métodos analíticos e validados para detecção de cada molécula da cachaça. Mas isso não é suficiente para identificar tudo que há na bebida do ponto de vista sensorial. O consumidor enxerga a bebida de forma diferente daquela do equipamento. A gente quer uma cachaça sem contaminação, claro. Mas isso é o básico. Temos que evoluir com essa bebida. Uma das formas de evoluir é elevar a qualidade dos degustadores profissionais. Temos que ter essa proficiência e isso vai ser valioso para a indústria de bebidas. A análise sensorial é fundamental para resolver, inclusive, problemas existentes na produção.


E como é a experiência do curso online?


No ano passado, a gente estava com turmas montadas. Aí, veio a pandemia… O pessoal dizendo que não queria deixar de fazer. Fomos pesquisar, chegamos no Zoom. Começamos e deu muito certo. O meu número de alunos duplicou. Tem gente de todos os estados, tem alunos de Portugal… Teve até um produtor de tequila. A gente vê que a troca de conhecimento é muito grande, porque aumentou a variedade dos alunos. A comodidade de não ter que sair de casa, as trocas que seguem depois do curso entre as pessoas, a economia com os custos de viagem… Tudo isso foi benefício. Pudemos estender a duração dos cursos e isso aumenta o tempo de imersão nos temas. As pessoas estudam e já voltam com as dúvidas para a sala. Um desafio grande foi o envio do material de degustação, os kits, que mandamos para todo o Brasil hoje. Tivemos que montar uma equipe para montagem, porcionamento, codificação, envio das amostras… Mas até hoje, deu tudo certo… E isso agrega muito ao curso. Em cada aula, pelo menos umas duas, três amostras são degustadas.


Nesse curso, como vão ser os kits?


A gente vai mandar 30 a 35 amostras de cachaça e de padrões. Isso vai ser uma experiência muito boa. O kit tem amostras com mais de uma dose. O aluno prova na aula, discute e depois retoma a experiência para continuar entendendo os aromas e sabores.


Outros destaques no semestre?


A gente vai ter o curso de produção de cachaça e rum, antes ainda do curso de somellier… Tem outro que é para o iniciante em cachaça, o Cachaça Experience… É um curso de duas aulas, com preço interessante… Está bombando! Vamos seguir online, trabalhando com esses temas. Aulas presenciais, a gente volta provavelmente no ano que vem.


As inscrições vão até dia 27/08 ou até preencherem as vagas, e podem ser feitas pelo link: https://www.inovbev.com/cursosetreinamentos






Maiores informações pelo WhatsApp: (19) 98222-6160 com PATRICIA


156 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo