Sob coordenação da Dra. Aline Bortoletto, a INOVBEV surgiu para auxiliar produtores de bebidas destiladas na implementação da ciência dentro de seus processos. Nossa equipe é composta por profissionais cientistas e pesquisadores nas diferentes áreas da tecnologia de bebidas.  

Currículo

Tese USP

COORDENADORA

Dra. Aline Bortoletto é Pesquisadora do Laboratório de Tecnologia e Qualidade de Bebidas (USP/ESALQ). Cientista de Alimentos, Mestre e Doutora em Ciência e Tecnologia de Alimentos, pela ESALQ-USP com ênfase em Tecnologia de Bebidas. Possui especialização em Produção de bebidas alcoólicas, Análise sensorial, Psicologia cognitiva e Compostos aromáticos, na Université de Bourgogne e na AGROSUP Dijon, França. Atua desde 2009 em pesquisa e inovação com foco em Sistemas de Garantia e Controle de Qualidade Química e Sensorial na Produção de Bebidas. Ministra cursos e consultorias na área de Qualidade, Produção e Envelhecimento de Bebidas, Regulamentação e Legislação para estabelecimento produtor, Degustação, Análise Sensorial e Desenvolvimento de Produtos e Processos Tecnológicos.

 

 

COLABORADORES

A INOVBEV conta com um grupo de profissionais colaboradores com elevada experiência profissional, científica e acadêmica, com a finalidade de agregar conhecimentos nas diversas áreas que envolvem os projetos e cursos oferecidos. 

 

Ana Carolina Corrêa é doutoranda e pesquisadora do Laboratório de Tecnologia e Qualidade de Bebidas (USP/ESALQ). Graduada em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura) e Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade de São Paulo (ESALQ). Possui experiência nas áreas de Tecnologia, Qualidade Química e Sensorial de Bebidas (ESALQ/USP), Coquetelaria, Mixologia e Harmonização pelo SENAC. 

Giovanni Casagrande Silvello é doutorando e pesquisador do Laboratório de Tecnologia e Qualidade de Bebidas (USP/ESALQ). Graduado em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ-USP, Mestre Cervejeiro na Université Catholique de Louvain (UCL-Bélgica) e Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ-USP). Possui experiência nas áreas de Tecnologia e Produção de bebidas, com foco em desenvolvimento de cervejas envelhecidas em diferentes madeiras.

Mariana Castro é mestranda do Laboratório de Tecnologia e Qualidade de Bebidas (USP/ESALQ). Graduada em Biotecnologia pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), com ênfase em processos agroindustriais. Possui experiência nas áreas de Tecnologia de Bebidas, Fermentação, Envelhecimento e Análises físico-químicas de bebidas.